Não há nada de errado em se esforçar para construir um bom website com programação e design voltados e conseguir o maior número de visitantes possíveis.

Quanto maior for o número de cliques em seu site, as chances de ser notado e conseguir bons frutos nesse grande universo online são muitas.

O quão incrível seria conseguir estabelecer um vínculo e um meio de comunicação com todos os visitantes, trocando informações e oferecendo conteúdo de qualidade, estabelecendo as bases da confiança em seus serviços e produtos?

Conhecer mais sobre eles e ter dados interessantes pode facilitar a interação entre marca/cliente.

E aí está a diferença entre leads e visitantes: quando a marca entende que os visitantes do seu site podem ser clientes em potencial e não simples acessos em seu site.

Nessa etapa é importante analizar a presença da marca online: como anda o desenho da sua página? Você coleta informações dos seus usuários? Existe alguma barra visivelmente fácil de localizar convidando pessoas interessadas no seu conteúdo a assinarem a sua newsletter?

Todos os recursos citados acima promovem uma comunicação entre visitantes interessados no que a marca tem a oferecer, através de conteúdo que interessante e de qualidade, que seja útil para o potencial cliente, que o ajude resolver um possível problema ou sanar alguma dúvida.

Se o site não apresenta ferramentas para recolher conteúdo de seus eventuais clientes, a marca perde a oportunidade incrível de conversão de novos consumidores e consequentemente a chance de expandir o seu negócio.